Organização

Que é a OITAF?

A OITAF é a Organização Internacional de Transportes por Cabo. Foi fundada em 1959, em Milão (I). É composta por membros de 33 países do mundo inteiro.

A criação da OITAF foi motivada pela necessidade de reunir no seio de uma organização entidades das três categorias do domínio dos transportes por cabo, a saber:

  • os exploradores, nomeadamente as empresas de teleféricos
  • os fabricantes das instalações de transporte por cabo
  • as autoridades de supervisão (em representação dos estados, nomeadamente dos utilizadores)

com a finalidade de resolver, em conjunto, os problemas actuais.

Estão representadas a maior parte das instituições que exercem actividades de desenvolvimento e investigação no domínio dos transportes por cabo, como são as universidades e os laboratórios, bem como membros individuais cujo trabalho e respectivo interesse se centram no âmbito dos transportes por cabo.

  • promover o desenvolvimento e o progresso dos transportes por cabo.
  • promover os estudos e os ensaios ao serviço do desenvolvimento e do progresso dos transportes por cabo.
  • promover a harmonização das prescrições jurídicas nacionais no domínio dos transportes por cabo.
  • elaborar directrizes (guias de orientação) internacionais uniformes para a planificação, a construção, a exploração, a manutenção e o controlo dos transportes por cabo, assim como o estabelecimento das recomendações correspondentes.
  • realização do congresso internacional dos transportes por cabo (cada seis anos).

Os membros estão distribuídos como membros colectivos e membros individuais.

 

Membros colectivos:

Categoria A: Autoridades competentes para autorizar e supervisionar as instalações por cabo;
Categoria B: Associações internacionais e nacionais de exploradores de instalações de transportes por cabo;
Categoria C: Associações internacionais e nacionais de construtores de instalações de transporte por cabo;
Categoria D: Organismos de supervisão que, por delegação das Autoridades públicas, assumem suas competências; universidades e instituições públicas que levem a cabo estudos ou experiências no domínio dos transportes por cabo.

 

Membros individuais:

Categoria E: Empresas que se dedicam aos transportes por cabo;
Categoria F: Pessoas individuais que se dedicam aos transportes por cabo.

A organização dispõe de quatro órgãos:

A Assembleia Geral (totalidade dos votos de todos os membros).
O Comité Directivo (18 membros eleitos pela Assembleia Geral). Comité Directivo é composto pelos seguintes membros:

  • 6 representantes da categoria A
    Actualmente, estão representados os seguintes países: Alemanha, Áustria, Espanha, França, Itália e Suiça.
  • 5 representantes da categoria B
    Actualmente, estão representadas as associações nacionais de empresas de transportes por cabo dos seguintes países: Alemanha (VdS), Áustria (WKÖ Fachverband Seilbahnen), França (SNTF), Itália (ANEF) e Suiça (ASC)
  • 2 representantes da categoria C
    Actualmente, estão representadas as seguintes associações internacionais e nacionais dos fabricantes:
    IARM (Associação internacional dos fabricantes de transportes por cabo) e VSM (Associação suíça de construtores de máquinas).
  • 2 representantes da categoria D
    Actualmente, estão representadas as seguintes universidades e organizações de controlo com delegação das autoridades nacionais:
    Politécnico de Milão e TÜV Süddeutschland Holding AG
  • 2 representantes da categoria E
    Actualmente, estão representadas as seguintes empresas de transporte por cabo: Schmittenhöhebahn AG (A) e Compagnie des Alpes S.A. (F)
  • 1 representante da categoria F
    Jim Fletcher – Jennlyn International Inc. (USA)

Contudo, cinco outros membros, sem direito a voto, podem ser admitidos no Comité Directivo.

Comité Executivo:
É composto por 6 membros designados pelo Comité Directivo e pelo secretário-geral.

Comissão de Controlo de Gestão:
(5 membros dos quais 2 são suplementares, eleitos pela Assembleia Geral).

 

 

As actividades da OITAF situam-se nos seguintes domínios:

  1. Comités Directivo e Executivo:
    Por regra, efectuam-se anualmente duas sessões do Comité Directivo e uma sessão do Comité Executivo. A sessão do Comité Executivo serve principalmente para preparação dos temas a serem tratados pelo Comité Directivo.
    Os principais pontos da actividade do Comité Directivo são:

    • Organização do congresso internacional dos transportes por cabo, congresso organizado a cada seis anos.
    • Exposição das comissões de estudos para a elaboração de recomendações internacionais para a construção e exploração de instalações de transportes por cabo, assim como para a realização de investigações e estudos respeitantes a problemáticas do domínio dos transportes por cabo, designados pelo Comité Directivo.
    • Aprovação das recomendações internacionais elaboradas pelas comissões de estudos.
    • Organização da Assembleia Geral (cada três anos).
    • Organização de seminários em estreita colaboração com as comissões de estudo; por regra, os seminários realizam-se anualmente, com excepção dos anos em que se realiza o Congresso Internacional.
    • Realização de todas as tarefas institucionais previstas nos estatutos (aprovação dos balanços, relação de actividades, admissão de membros no seio da OITAF, etc.).
  2. Comissões de Estudos:
    A actividade principal da OITAF é exercida pelas comissões de estudos que se reúnem regularmente uma ou duas vezes por ano, em sessões geralmente de dois dias. Tratam de temas actuais do domínio técnico, administrativo, jurídico e económico, e elaboram recomendações internacionais em domínios especializados onde não existam normas harmonizadas. Um outro aspecto importante das comissões de estudo é que permitem que especialistas se reúnam para dialogar além de suas fronteiras e assim discutir os problemas comuns e assegurar a troca de diferentes experiências realizadas nos seus países.
  3. Secretariado:
    O secretariado prepara as sessões dos Comités Directivos e Executivos e a Assembleia Geral, redige seus protocolos assim como as decisões tomadas pelos órgãos da OITAF, coordena as comissões de estudos, mantém actualizada a lista de membros, prepara as previsões e os balanços, ocupa-se da contabilidade, elabora e publica todos os seis meses a “OITAF-NEWS” e ocupa-se da correspondência. Além disso, providencia as diversas traduções.

Gerência

Jörg Schöttner

Presidente

Bundesministerium für Verkehr, Innovation und Technologie
Sektion IV
Abt. Sch 3 – Seilbahnen u. Schlepplifte
Radetzkystr. 2
A – 1030 WIEN
joerg.schroettner@bmvit.gv.at

Martin Leitner

1. Vice-presidente

Leitner AG / SpA
Brennerstr. 34 / Via Brennero 34
I – 39049 STERZING / VIPITENO
martin@leitner-lifts.com

Laurent Reynaud

2. Vice-presidente

Domaines Skiables de France
21, Alpespace
Bâtiment Annapurna
24, rue Saint-Exupéry
F – 73800 FRANCIN
reynaud@domaines-skiables.fr

Markus Pitscheider

Secretário-geral

Amt für Seilbahnen – Ufficio trasporti funiviari
Silvius-Magnago-Platz 3 – Piazza Silvius Magnago 3
I-39100 – BOZEN / BOLZANO
+39 0471 414600
info@oitaf.org

Claudio Canessa Parodi

Tesoureiro

Amt für Seilbahnen – Ufficio trasporti funiviari
Silvius-Magnago-Platz 3 – Piazza Silvius Magnago 3
I-39100 – BOZEN / BOLZANO
+39 0471 414612
info@oitaf.org

Secretariado

-

OITAF
Silvius-Magnago-Platz 3 – Piazza Silvius Magnago 3
I-39100 – BOZEN / BOLZANO
+39 0471 414600
info@oitaf.org

Comissões de estudos

Actualmente, estão seis comissões de estudo e does grupo de trabalho activas no seio da OITAF, que realizam sessões regulares.

As comissões de estudos tratam de temas actuais técnicos, administrativos, jurídicos e económicos respeitantes aos transportes por cabo. Existem as seguintes comissões de estudos:

Presidente: Gaëtan Rioult

STRMTG
1461 rue de la Piscine
38400 SAINT MARTIN D’HERES
E-Mail: gaetan.rioult@developpement-durable.gouv.fr
Tel. ++ 033-04-76637878

Âmbito da actividade:

Elaboração de recomendações técnicas para planejamento, construção, operação e manutenção de sistemas de transporte por cabo, em especial em áreas não cobertas pelas normas europeias ou internacionais, como:

  • Análise dos problemas de planejamento de sistemas de transporte por cabo, considerando-se as particularidades da configuração e dos processos para a operação, resgate ou manutenção das instalações.
  • Análises de segurança de todo o sistema, dos subsistemas ou de componentes dos sistemas de transporte por cabos.Observação do desenvolvimento da construção e operação dos transportes por cabo e discussão dos eventos e acidentes.
  • Desenvolvimento de projetos de recomendações para os tópicos acimOrganização de seminários técnicos.

Temas:

  • Na comissão de estudo nº 1, são discutidos, entre outros, os seguintes temas:
  • Rendação para o planejamento e a construção de sistemas de transporte por cabo.
  • Fatores de risco e ameaças que devem ser considerados na elaboração de uma análise de segurança de transportespor cabo.
  • Diretrizes para análises em casos de reconstruções.
  • Recomendações para o planejamento e a construção de correias transportadoras para teleféricos.

Composição:

A comissão de estudo é formada atualmente por especialistas em transporte por cabo de 7 países europeus (Áustria, Itália, França, Alemanha, Espanha, Suíça e Eslovênia), nos quais as autoridades regulatórias, os operadores e os fabricantes estão igualmente representados.

 

O grupo de trabalho seguinte está integrado nesta comissão:

Grupo de trabalho: Teleféricos não públicos (privados): Teleféricos para transporte de materiais e guindastes

Presidente:
Alberto Contin

via Agudio 8
I – 10040 LEINI (TO)
Tel. +39-348-7805285
E-Mail: alberto.contin@agudio.com

Âmbito da actividade:

Ao longo de 2016, foram finalizadas as últimas alterações e complementos ao texto das recomendações do Caderno nº 8, que agora apresenta o nº 8-2.

Lembrando que, nos anos anteriores, o grupo de trabalho realizou uma revisão completa das antigas recomendações para a construção e operação dos teleféricos de um e dois cabos para o transporte de materiais e dos guindastes (Caderno nº 8), quando essa versão foi publicada em 2006, a qual foi depois revisada em 2010 e 2013. Os trabalhos em 2006 também integraram as recomendações anteriores, nas quais foram elaboradas novas recomendações para a construção e operação de transportes móveis por cabo para materiais (com exceção daqueles para o transporte de madeira) e os elevadores inclinados para transporte de material. Entretanto, os trabalhos excluíram as recomendações já publicadas pela OITAF para transportadores pendulares de dois cabos para o transporte de materiais até no máximo 2.000 kg, as quais, no entanto, foram consideradas nos trabalhos.

Composição do grupo de trabalho

O grupo de trabalho é formado atualmente por 12 especialistas em transporte por cabo de 6 países europeus (Áustria, Alemanha, Suíça, Polônia, França e Itália), com equilíbrio de representantes de autoridades regulatórias, operadoras e fabricantes.

O trabalho do grupo nos próximos anos será interpretar e aplicar corretamente as recomendações, em que serão verificadas eventuais necessidades de complementação com base na experiência adquirida no uso desses sistemas.

 

 

Grupo de trabalho: Teleféricos não públicos (privados): Teleféricos para transporte de pessoas e mercadorias

Presidente:
Christian Kaizler

Amt der Vorarlberger Landesregierung
Abt VIc-FB
Elektro- und Seilbahntechnik
Römerstrasse 15
A – 6900 BREGENZ
Tel. 0043 5574 511 26512
E-Mail: christian.kaizler@vorarlberg.at

O grupo de trabalho, após a conclusão da edição 11-1, suspendeu suas atividades em antecipação de outras tarefas ainda a serem atribuídas pelo Comitê Diretivo.

Presidente: Sven Winter

ROTEC GmbH
Bruckwiesenweg 40
D-70327 Stuttgart
Tel. +49 711 40056811
Mobil: +49 15224097462
E-Mail: sven.winter@ro-tec.net
Internet: www.ro-tec.net

Âmbito da actividade:

A comissão de estudo trata, entre outros, dos seguintes temas:

  • Elaboração de uma recomendação para a inspeção visual de cabos.
  • Criação de uma recomendação técnica para a duração da vida útil dos transportadores por cabo.
  • Organização de seminários técnicos.

Nessa comissão de estudo, trabalham 21 especialistas em transportes por cabo entre operadores, autoridades regulatórias e fabricantes de 7 países.

Presidente: Erich Megert

SISAG
Postfach
CH-6460 ALTDORF
Tel. +41 41 8750711
Fax +41 41 8750712
E-Mail: erich.megert@sisag.ch

Temas das actividades:

A comissão de estudo mantém o intercâmbio constante de informações e experiências no campo de equipamentos elétricos de transportes por cabo e, quando necessário, elabora recomendações para apreciação da OITAF ou das demais comissões de estudo. Os principais temas são:

  • Identificação de deficiências de segurança significativas.
  • Procedimento quanto a regulamentos específicos do país ou padrões harmonizados, bem como seus procedimentos, aplicação e execução.
  • Identificação de inovações e tendências tecnológicas e operacionais.
  • Procedimento quanto a reconstruções e manutenção de instalações e sistemas existentes.
  • Aprofundamento de temas técnicos especiais, conforme necessário.
  • Organização de seminários técnicos.

Constituição

Na comissão de estudo nº 3, estão representados atualmente cerca de 20 integrantes de 5 países europeus. Sempre que possível, procura-se manter a mistura dos setores de operadores, autoridades e profissionais de testes, bem como fabricantes.

Presidente: Jörg Schröttner

Bundesministerium für Verkehr, Innovation und Technologie
Sektion IV
Abt. Sch 3 – Seilbahnen u. Schlepplifte
Radetzkystr. 2
A-1030 WIEN
Tel. ++43-1-711622300
Fax ++43-1-7130326
E-Mail: joerg.schroettner@bmvit.gv.at

Temas da actividade actual:

  • Transportes por cabo e as questões de interpretação da UE com relação à Diretriz 2000/9/CE e a nova Lei (UE) 2016/424, bem como questões de concorrência.
  • Intercâmbio de experiências entre países sobre questões jurídicas e comerciais relacionadas a transportes por cabo.
  • Importância econômica dos transportes por cabo – divulgação de índices econômicos.
  • Questões relacionadas à responsabilidade por danos das empresas de transportes por cabo e responsabilidade pessoal dos passageiros.
  • Inspeção, controle e manutenção de transportes por cabo e suas bases legais.
  • Garantia de qualidade dos transportes por cabo.Organização de seminários técnicos.

A comissão de estudo é formada atualmente por 26 especialistas de 7 países europeus, em que participam representantes das autoridades regulatórias, operadores e fabricantes em igual número.

Presidente:

Nicolas Peretta

Nicolas PERRETTA
47 Rue SOMMEILLER
F-74000 ANNECY
Phone : + 33 6 79 46 14 94
E-mail : nicolas.perretta@laposte.net

Scope of duties:

  • Development of recommendations on the operation of ropeway installations
  • Analysis of operational issues arising at ropeway installations in relation to passengers, material used, organization, environment, etc.
  • Analysis of malfunctions, special incidents and accidents
  • Monitoring the development of methods and equipment for operations, maintenance, inspections, etc.
  • Preparation of proposals addressing these issues in order to solve problems or mitigate consequences

Books published by Study Committee VI

 

Members:

Expert Committee VI currently has a total of 16 members from seven countries with a well-balanced representation of technical supervisory authorities, operators and manufacturers

Presidente: Gunther Suette

Schulstrasse 5,
A-8077 GÖSSENDORF
Mobil +43 (0)650 9002373
E-Mail: tb.suette@gmx.at

Domínio de atividade:

Elaboração de estudos sobre:

  • Gestão do meio ambiente.
  • Responsabilidade e proteção ambiental, entre outros.
  • Cumprimento da Diretriz FFH e da Diretriz de Proteção de aves.
  • Pássaros na área de transportes por cabo – cabos não visíveis, frentes de vidro nas estações.
  • Clima, entre outros – impactos na indústria de transportes por cabo.
  • Cuidado no tratamento da água usada como recurso.
  • Sistemas de canhão de neve e monitoramento na área da formação de neve.
  • Eficiência energética na operação de transportadores por cabo – pegada de CO2.
  • Construção de pistas considerando especialmente as condições ecológicas.
  • Medidas de proteção contra avalanche.
  • Organização de seminários técnicos.

A comissão de estudo é formada atualmente por 16 especialistas técnicos de 6 países, com representantes em igual número entre autoridades do meio ambiente, operadores e especialistas em meio ambiente.